sábado, 25 de abril de 2015

Rendi-me. Que venham esses 42km - Córdoba - Argentina - 3/5/2015

Agora sim!
Depois de pouco mais de 4 anos, pela primeira vez ultrapasso a marca de 30km e ganho mais confiança para meu próximo projeto: voltar a correr os 42.195m.


Morta! Mas feliz.


Foram 4 anos e meio participando de meias maratonas, indo no máximo até provas de 25km.
Não que eu tenha participado de muitas maratonas antes.
Na verdade foram somente três.
Três no período de 11 meses e aí, creio eu, foi onde fiz minha besteira.
Correr 42 km não é somente no dia da prova. É um período de treinos puxados, desgastantes e longos.
Depois de estrear na maratona de Curitiba, em 2009, senti–me confiante o suficiente para emendar logo com mais duas, a do Rio e a de Fortaleza(Caucaia).
Durante esse tempo, mantive um treinamento puxado e o resultado disso foi uma lesão e “estaleiro” por um mês.
A corrida faz parte da minha vida, do meu dia a dia. Corro por prazer e não pra mostrar nada a ninguém, portanto, ficar parada tanto tempo é cruel. "Mermo" que matar!
Fiquei traumatizada. Maratona pra mim virou sinônimo de lesão.
Não queria mais nem ouvir falar na palavra e virei uma entusiasta das meias (lá se vão 31!).
Mas corredor, por mais que tenha medo de se lesionar, por mais que saiba o quão sacrificante pode ser uma rotina de treinos pesados, é movido a objetivos.
Eu, pelo menos, sou assim.
E, foi assistindo ao Ironman de Fortaleza, mais precisamente à parte final da corrida, vendo aquelas pessoas batalhando, sofrendo, dando tudo de si, correndo 42km depois de terem nadado 3800m no mar e pedalado 180km, que voltei a pensar na possibilidade de encarar novamente a distância nobre da corrida.
Coloquei na cabeça e comecei a procurar uma prova legal no 1o. semestre pela América do Sul e encontrei a Maratona de Córdoba, Argentina, que além de percurso plano e clima ameno, veio junto com promoção de milhas da TAM e um feriado no meio. Perfeito!
Os treinos partiram da minha condição física de meio maratonista e olhar pros 42 me dava calafrios (na verdade, ainda dá!).
Não sou nada de guerreira, casca grossa ou sangue nos olhos, como outros corredores falam uns dos outros.
Nas planilhas propostas em revistas de corridas de rua, fico admirada com os tempos que colocam.
Planilhas pra quem quer fazer 21km em 1:30/1:40, ou 10km em 40min. Coisas impossíveis pra mim.
Maratona? Planilha pros “lentos” é pra quem deseja um tempo de 4:30 no mááááximo...
Eu fico só olhando e me sentindo a própria pangaré.
Tem nada não!
Sábado passado fiz meu treino de 30km no meu ritmo.
Ao final, não conseguia andar mais nem 100m, que dirá mais 12km!
Mas chego lá. Pelo menos ganhei um pouco mais de confiança psicológica.

Córdoba, dia 3 de maio estarei usando suas ruas . Me aguarde!





14 comentários:

Anônimo disse...

Lia parabéns, só quem corre consegue entender essa vontade de ir mais longe e acreditar que pode. Simplesmente inspirador sua estoria, vai lá e come o asfalto de Córdoba.
Vera Lúcia

Anônimo disse...

Parabéns Lia, vamos aos treinos...
Ton

Anônimo disse...

Vai ser show, Lia! Estarei na torcida por você!
Benício

Anônimo disse...

Vc pode vc consegue, vai com fé!!! Uhuul \0/\0/
Vanderli

Anônimo disse...

Ah e quando tiver um treino de 30km me convida
Vanderli

Anônimo disse...

Parabéns Lia, vc consegue
Ulissis

Anônimo disse...

é isso aí, Lia Campos, de volta aos 42 k
Diniz

Wilkie Martins disse...

Claro que tu conseguirá, guerreira!

Anônimo disse...

Quem sabe no próximo ano eu faça uma tb ! Mas num ritmo bem lento , só para participar ! Mas queria fazer algo tipo Berlim , Instambul, kkkkk
Cris

Anônimo disse...

Vai dar tudo certo!!!
Sonho em um dia concluir uma.
bjs
Lorena

Anônimo disse...

Vou ser assim quando crescer. Arrasou!!!
Alécia

Anônimo disse...

Vai com tudo, Liazinha.
Felippe

JOSÉ AMÂNCIO NETO - CORREDOR DA 3ª IDADE disse...

Maravilha Lia! Certamente você fará uma boa prova. Parabéns pela determinação! Um abraço.

Anônimo disse...

Pai,admiro sua força de vontade e determinação..
Tenho certeza que vocé vencerá.
Só uma perguntinha de ex-médico,você tem examinado seu coração ?do ponto de vista físico lógico.
Te admiro muitão! Sucesso!