sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Amarelou ou não amarelou?


Em semana de olimpíada falou-se muito da atleta do salto com vara Fabiana Murer que, dando como “desculpa” os fortes ventos, desistiu da última tentativa de salto e ficou  fora da competição. Para alguns, apenas um mau dia da saltadora, para outros, uma grande "amarelada".
Desculpa ou não, o fato é que os atletas olímpicos são vistos como heróis e, como tal, não se espera que desistam de uma competição.
Podemos ter centenas de lembranças de vitórias nas olimpíadas, mas quem irá esquecer a cena da suíça Gabriele Andersen se arrastando na chegada da maratona feminina? Eu não lembro qual ano foi, nem onde foi, mas a chegada dela tropeçando, lutando pra alcançar o final, sendo acompanhada de perto por médicos, com certeza nunca sairá da minha memória, assim como permanecerá para sempre a cena em que o nosso maratonista Vanderlei Cordeiro foi agarrado por um louco também na final de uma maratona olímpica e mesmo assim continuou a prova, chegando em 3º. lugar.
Esses sim! Não pararam e nem desistiram mesmo diante de obstáculos bem mais fortes. Verdadeiro espírito olímpico e uma determinação de heróis, que é o que verdadeiramente são.




Heróis olímpicos à parte, nós, pobres corredores amadores, somos mestres em desculpas tanto quando corremos bem, como quando corremos mal.
As desculpas nas conversas antes das provas geralmente são para minorar um possível tempo ruim: 
“Ah! Eu dormi mal... Acho que não vou correr bem...” ou “Tô meio gripado, vim correr hoje porque já tava inscrito mesmo...”
Depois da prova, mesmo que o sujeito tenha feito um bom tempo, a história continua pra deixar claro que ele correu bem, mas poderia com certeza ter corrido bem melhor:
“Pôxa, você correu muito!” “Nem tanto... No meio da prova deu uma cãibra e tive que diminuir o ritmo...” ou então “Pois é... Fiz em 40min (10km!) mas tô meio cansado porque vim virado da balada pra cá...”, ou ainda "É, mas minha canelite doeu a prova inteira".
É ou não é, você corredor que está lendo isso agora?
Sempre assim! Nunca ouvi um corredor dizer antes de uma prova que estava 100% e que iria arrasar.
Mas nós podemos!
Meros mortais, damos tudo de nós nas provas e treinos, mas usamos sempre uma desculpazinha que possa mascarar nossas limitações.
Quanto a eles, os atletas olímpicos, espero que, como o Vanderlei e a Gabriele Andersencontinuem encarando as dificuldades, indo lá e, como diz meu amigo Djacir, “arrochar o nó”. Afinal de contas, são os nosso heróis, né não?


4 comentários:

Anônimo disse...

Bom, a criatura conseguiu pontuação suficiente para está lá, se esforçou, ralou, etc e tals.... porém, o corpo estava preparado, com técnicas e tdo...mas a mente dela é q precisa ser trabalhada.... É como digo, se o cabra tem a mente guerreira, o corpo pode até nem responder mais, porém a mente vai além do q se possa imaginar, vai até os últimos limites sem medir esforços, se rastejando ou seja lá como for, é a mente, o psicológico do cara, pondo por terra toda técnica... no caso dela, há algo em sua mente q a bloqueia nessa hora....é preciso trabalhar isso, pq não adiantará acumular pontos e fazer bonito para conseguir chegar numa olimpíada e na hora H...amarelar.....
Lorena

Anônimo disse...

Faltou o "ESPÍRITO OLÍMPICO" mesmo. A fome deveria ser maior que a vontade de comer. Ela estava com o bucho cheio. Faltou a "MARIA" NELA. "Mas é preciso ter força, é preciso ter raça.
É preciso ter gana sempre". "uma certa magia
Uma força que nos alerta". Essa força existe.
‎"A maratonista suíça Gabriela Andersen-Scheiss, que emocionou o mundo ao se arrastar até a linha de chegada da primeira maratona feminina ... 1984.
Djacir

Luiz Souza disse...

Olá Lia. Encontrei seu blog hoje.
Pois é, nossos atletas são nosso retrato. Um ou outro se destaca, mas o senso comum é o mesmo, o ir por ir.
Tambem tenho comentado sobre a olimpíada no meu blog, se puder, visita lá.
Abç
Corridas do Luizz

helengospel disse...

lIA, GRANDE CORREDORA, REALMENTE JÁ TINHAMOS FEITO COMENTÁRIOS SEMELHANTES, MAS EM MEIO AS ADVERSIDADES DEVEMOS TER SEGURANÇA E GARRA E VC SABE MUITO BEM O QUE É ISTO, NÃO PODEMOS "AMARELAR", PARABÉNS MAIS UMA VEZ PELO BLOG, SEMPRE TE FACO UMA VISITA..