segunda-feira, 30 de julho de 2012

4o. Pé na Carreira - 29/7/2012


Domingo, dia 29 de julho, final de férias com a prova que, desde a sua 1a. edição gosto muito de participar: o Pé na Carreira.




Muitos corredores amigos meus torcem o nariz pra essa prova, talvez por não a considerarem uma prova muito “competitiva”. Do meu lado, apesar de também gostar das corridas que visam mais a performance, gosto principalmente de correr e me divertir e não existe prova melhor para a diversão em Fortaleza do que o Pé na Carreira, que esse ano, pela primeira vez, esgotou antecipadamente suas inscrições.
Toda corrida de rua que tem água gelada (e suficiente), pontualidade na largada, camisa e medalha bonitas e boa organização, já tem grande mérito.
Já provas diferenciadas, essas são poucas.
Ano passado tivemos a Corrida do Batom, uma excelente iniciativa para o público feminino, temos a Corrida da Asa, que dá aos seus atletas a chance de correrem entre aviões na base aérea, a Corrida do Povo (cadê ela?) a única no caminho do aeroporto e à noite, a do Beach Park, que passa pelo interior do parque aquático.... Enfim, provas diferenciadas.
A proposta do Pé na Carreira é justamente a alegria, a brincadeira,  o deboche e a  irreverência característicos do povo cearense e foi justamente por esse diferencial que eu sempre fui uma grande propagandista da prova.
Participei das 3 últimas edições mas a desse ano, apesar de todos os pontos positivos que dizem respeito a uma boa organização em relação à corrida em si, na minha opinião pecou exatamente pelo que não poderia:  na alegria e originalidade da prova.



A sanfona, que deu show nas últimas edições tocando o hino nacional, apenas apareceu com uma tímida “Asa Branca” no início. O humorista alegrando o público e corredores, também não se fez presente esse ano (ou o apresentador era “humorista”?).



Quem, como eu, esperava uma grande festa com músicas de Luiz Gonzaga, uma vez que ele era o tema da corrida, saiu de lá decepcionado. Além da Asa Branca tocada no início, nenhuma música dele foi ouvida durante as duas horas que fiquei por lá.
O grupo de samba Baquetas (que tocou no final) é excelente, mas totalmente fora do contexto de uma festa que se propunha homenagear o “Rei do Baião”.
Felizmente mantiveram a vai da largada. A vaia  debochada que só cearense sabe dar.


video

Como corrida, o Pé na Carreira foi muito boa sim, mas como um evento “diferente”, ficou bem aquém do esperado. Quilômetros de distância da sua 2a. edição que, apesar da confusão que teve com o atraso na largada (que não foi culpa da organização), foi perfeita no que se propôs a fazer: humoristas, sanfoneiros, animação pra dar e vender, uma trilha sonora cuidadosamente escolhida, pra lá de divertida e que, por ser à tarde, teve um grande público nas ruas que se divertiu com toda a brincadeira.
Já a animação desse ano ficou somente por conta dos corredores fantasiados, que mais uma vez capricharam nas fantasias: empreguetes, políticos, policiais, super heróis, tinha de tudo um pouquinho. 


Cada marmota...




Saí decepcionada.  O diferencial da prova foi fraco feito caldo de bila....Mas claro que é sempre muito bom rever os amigos, participar da festa e, principalmente, mais uma vez ter feito uma corrida com meu filho. Corremos 5km, ou melhor, na categoria “De pau, ó”. Tinha também a “Ó o mei” (10km) e a “De ruma” (5km de equipe).


Mais uma medalha pro Bruno
Final de corrida, o tradicional  picolé Pardal pra adoçar e refrescar e agora é esperar o mês de agosto que será mais um com provas em quase todos os finais de semana na nossa cidade.


Merecido picolé no final
Calendário de agosto:

Dia 05 -Circuito Caixa - 5 e 10 km

Dia 05 -Corrida e Caminhada Esperança (Parque do Cocó) - 4 e 6 km
http://www.yescom.com.br/corrida_esperanca_fortaleza/2012/portugues/index.asp

Dia 12 - Corrida das Dunas (Cidade Fortal/Praia do Futuro) 5 e 13 km -http://corridadasdunas.com.br/

Dia 26 - Corrida Cearense Contra o Fumo (Parque do Cocó) - 5 e 10 km- 




Nenhum comentário: