quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Lençóis Maranhenses - agosto 2013



Não. Não teve corrida de rua dessa vez.

A ida à São Luís do Maranhão apenas 2 meses depois de ter estado lá para conhecer a cidade e participar da meia maratona Super Ar, foi somente uma coincidência de fatores: promoção imperdível da Gol, conhecer os Lençóis Maranhenses e comemorar o aniversário do Wilkie.

E assim, no dia da chegada, depois de uma rápida passada pelo centro histórico da cidade, assistimos ao belíssimo pôr do sol na orla e jantamos no Cabana do Sol, claro, arroz de cuxá com peixe frito. 


Casa das Tulhas




Pôr do sol na orla








Já no sábado a programação foi novidade para mim.

Os Lençóis Maranhenses ficam ao lado da cidade de Barreirinhas, a 276 km de São Luís.
Existem passeios de 2 dias, 3 dias, não somente pela principal atração da região – os Lençóis – mas pelas praias e rios que ficam perto de Barreirinhas.





Como não tínhamos esse tempo, contratamos uma excursão de 1 dia com a Giconect que passou às 5 horas da manhã pelo hotel para nos pegar.

Depois de quase 4 horas de estrada, finalmente chegamos em Barreirinhas.

A cidade é pequena, mas o movimento de turistas, mesmo as férias já tendo terminado, é grande. Muitos estrangeiros também.






Primeiramente fazemos uma travessia super rápida pelo rio Preguiça, em balsas grandes juntamente com os carros que nos levam aos lençóis.


Aguardando a balsa






Desembarcando para começar o off road



Depois, antes do destino final, são 30 minutos em carros 4X4 por um areial que nunca vi sacudir tanto. Montanha russa perde feio, pois balançamos tanto pra cima, pra baixo como pros lados.





Nosso carro, pra ficar mais emocionante, quebrou a caixa de marcha e, no lugar de demorarmos 30 minutos no meio do nada e no sol quente, ficamos 1:30h até que outro carro chegasse para nos socorrer.



Parada "técnica"


Mas tudo bem.
Chegamos finalmente aos pés das dunas e nosso guia nos levou para 3 pequenas lagoas. Ainda teria uma 4ª., se quiséssemos, mas àquela altura do campeonato, ninguém do nosso grupo teve disposição de encarar 40 minutos de caminhada pela areia e sol escaldantes, então todos ficaram satisfeitos com o banho na 3ª. lagoa mesmo.


Estacionamento dos carros. A partir daí, cada um por si.



É bonito, claro. Uma imensidão (270 km²) de dunas e  lagoas.







Eita banho bom!







E olha que só vimos um pedaço muito, mas muito pequeno de tudo aquilo. Uma pontinha. Para  ter mesmo uma idéia dessa imensidão, somente da janela do avião.





Dicas:

Empresa de passeios para os Lençóis: http://www.giconect.com.br/