sábado, 8 de novembro de 2014

Bonito e o Pantanal - MS (outubro 2014)



Quando eu disse que iria correr em Campo Grande e de lá passaria uns dias em Bonito, a reação era a mesma : “Ai, morro de vontade de conhecer Bonito!” 

E na minha volta a pergunta foi a mesma, então: é sim, é sim, é sim. Bonito é bonito mesmo.

A cidade fica a 270 km de Campo Grande. É pequena, povo simpático e educado, muitas lojinhas e turistas de “ruma”.


Pracinha principal da cidade e o famoso Piraputanga
 
Comida gostosa, recheada de peixes da região, dentre os quais o pacu. E pra não perder o trocadilho, tem pacu pra todo gosto: pacu assado, pacu cozido, pacu frito e até pacu aberto.
Gostei da costela do pacu e gostei também do pintado e da traíra. Já o jacaré, eu provei num pastel. Pastel de jacaré! E até que é bom....

Infelizmente fui em uma época em que as temperaturas bateram todos os recordes. De calor!
Por um lado isso foi bom, pois só assim tive coragem de encarar as águas frias dos rios.

Falar em passeio, eles existem na mesma proporção dos turistas: de ruma.
Tem para todos os gostos. Cavernas, flutuação em rios, balneários, esportes.

Mas prepare os bolsos! São caros!!!
Caros mas super profissionais. Guias sempre muito simpáticos, prestativos, atenciosos e tudo muitíssimo bem organizado. Turismo nota 10.
Isso por um lado pode até ser ruim já que tira um pouco do “natural” da coisa, pois tudo é ajeitado para não haver imprevistos e até os bichos você tem a impressão de que estão colaborando. Vai ver estão mesmo.....

Dentre todos os passeios eu escolhi 3: Estância Mimosa, flutuação no rio Sucuri e um dia no Pantanal.

Para quem não está de carro, como eu, o passeio inclui o transporte e, se você quiser, também o almoço (que são muito bons).

A Estância Mimosa é uma propriedade privada (como quase tudo por lá) e o passeio é uma trilha por onde se passa por 6 cachoeiras. Em todas elas existe uma parada para banho, claro, e depois tem o almoço na sede da fazenda. Gostei. Bonitas cachoeiras.


A cachoeira mais bonita
 
A flutuação no rio Sucuri a pessoa se veste toda de roupa de mergulho e sai seguindo flutuando os quase 2 km do rio, bisbilhotando os peixes no fundo, que com certeza já estão acostumados com esses intrusos negros de olhos grandes e tubo na boca e nem ligam.


Pronta para flutuar no Sucuri


E xeretando os piraputangas


E, pra finalizar, um dia no Pantanal.
Esse fica um pouco mais afastado, já que a Fazenda San Francisco (a que escolhi) se encontra a 160 km de Bonito, exatamente no Pantanal sul-mato-grossense.
Esse dia do pantanal foi o mais quente de todos. Fervendo!


Nossas recepcionistas na Fazenda San Francisco

Apesar do calor forte e abafado, tive sorte, pois os tão falados mosquitos não deram as caras. Vai ver que até eles estavam fugindo do calor...

Mas foi muito massa andar de chalana pelo rio (impossível não lembrar da novela Pantanal), “tentar” pescar piranha (não peguei nenhuma!), observar jacaré (tem um que se chama Lula, por não ter uma das mãos) e, por fim, depois do almoço, fazer um safári nos arredores da propriedade a procura de tamanduás, cervos, tuiuiús, capivaras.  


Foi o jeito pegar uma piranha emprestada pra tirar a foto
  
https://www.youtube.com/watch?v=Mc3K09saYKw



A onça pintada? Dessa nós ouvimos falar muito, inclusive com uma ótima palestra sobre sua preservação, mas infelizmente (ou felizmente?), a única coisa que vimos dela foi seu couro exposto na parede e algumas pegadas durante o safári.

Bonito é muito bonito sim. Vale muito a pena conhecer esse pedaço do Brasil.


Pôr do sol no pantanal



Dicas pra quem vai:

1-   Os passeios são todos do mesmo preço, portanto, não precisa nem pesquisar.

2-   Se não for de carro, existem agências de turismo que fazem o trajeto direto do próprio aeroporto para Bonito, em 3 horários durante o dia. Fui na Vanzella www.vanzellatransportes.com.br e recomendo.

3-   Vá ao restaurante “Casa do João”. Conhecidíssimo na cidade, a comida é realmente excelente.

4-   Vá em uma das sorveterias provas os sorvetes das frutas regionais.


Mais fotos:

 
A traíra deliciosa na Casa do João










Cozinha da Estância Mimosa



Uma das cachoeiras da trilha




Só mesmo muito calor pra eu entrar nessa água gelada!

Quem é o doido que vai?

Nascente do rio Sucuri. Transparente


Treininho básico por Bonito






"Ó chalana sem querer...."


"... tu aumentas minha dor..."


Provando tereré


Preparando a piranha pra servir de lanche pro jacaré






E lá vem ele....

E tá chegando....


E chegou!


A onça pintada






3 comentários:

Leila disse...

Lindas fotos! Parabéns!
Dá muita saudade.
Leila

Lia Campos disse...

Leila,
Foi um grande prazer conhecer vc e Beth e podermos compartilhar dicas de viagens.
Dicas do Jalapão, Cuiabá e Salta devidamente anotadas!
Lia

Anônimo disse...

é D + LINDO MESMO showwwwwww
Carlos Alberto