segunda-feira, 18 de abril de 2016

14a. Meia Maratona de Fortaleza - 17/4/2016

Comemorando o aniversário de Fortaleza e pertinho do meu próprio aniversário, foi na Meia Maratona de Fortaleza onde fiz minha estreia nos 21km, em 2008.

Prova costumeiramente quente e por isso mesmo muito difícil, naquele ano minha única preocupação era finalizá-la e a emoção e a alegria com essa minha conquista apagaram da memória qualquer erro da organização.

Em 2010 voltei a corrê-la e aí sim, consegui enxergar e memorizar, além do calor, o horário tarde da largada, a falta de água, o balizamento falho e ainda por cima, depois de enfrentar todas essas dificuldades, chegar ao final e não ter a minha medalha me esperando. Isso, em 2010 as medalhas acabaram e muitos ficaram sem.
Desde então, não somente eu, mas vários corredores vinham evitando aquela que deveria ser a nossa principal corrida de rua e os erros continuaram se repetindo.

Em 2016 a organização da 14ª.MMF apareceu com uma grande novidade para os 21km: largada separada das provas de 5 e 10km e percurso inteiramente diferenciado.
Não resisti e, apesar de toda a descrença, resolvi literalmente pagar para ver.
Valeu?
Valeu sim! Valeu muito!





A ideia de largada diferenciada não poderia ter sido mais acertada.
Saindo da Cidade Fortal (com poucos corredores pros 21km) britanicamente às 6 horas da manhã, o percurso, praticamente todo plano, percorreu sua primeira metade àquela hora da manhã, com ruas livres de carros e, apesar dos cavaletes muito espaçados separando a via dos corredores, não tivemos nenhum problema.


Concentração na Cidade Fortal

Chegando à Beira Mar, a ciclo faixa estava separada para nós.


Beira Mar

O sol, pra variar um pouco, foi camarada e em todos os termômetros pelos quais passei, verifiquei a temperatura fixa nos 26oC. Quente? Pra quem está acostumado a correr em Fortaleza, não. Estava nublado.



Praia de Iracema




Os postos de água estavam precisamente colocados a cada 2km. Na subida do viaduto do Marina tinha mesmo era um posto extra, entre o km16 e 18.


18km e subida do viaduto do Marina

Depois de subir o viaduto, os 3kms finais pelo centro, totalmente sombreados, foram um refresco e na chegada minha medalha estava lá me esperando.






Foi com muita alegria que minha 43a. prova de 21km calhou de ser a MMF, finalmente bem organizada, opinião esta que foi de 99,99% dos corredores que participaram dos 21km com os quais conversei. Erros? Claro que tiveram, pois não existe prova perfeita e, depois de tantos anos com edições ruins, certamente não será com este que a prova irá se reabilitar e se estabilizar como “A” prova de Fortaleza.
Outras edições virão e a organização precisa dar continuidade ao que foi realizado nesse 17 de abril e assim voltar a ser acreditada pelos corredores.
Assim espero!





Mais fotos :

Largada na Cidade Fortal


Começo da prova e única grande subida 











Passando pela Praça 31 de Março






Chegando ao Mucuripe




Beira Mar e o recém inaugurado mercado dos peixes 











Posto de água na subida do viaduto do Marina




Corredores vistos de cima do viaduto




Mais uma ao lado do amigo Sidney

Com Sidney e Luiz Carlos





Amigos



4 comentários:

Wilkie Martins disse...

Parabéns pela 43ª. Com mais 5, vc ultrapassará os 1.000km só de meia maratonas oficiais! Afff...

JOSÉ AMÂNCIO NETO disse...

Show amiga Lia! Essa eu gostaria de ter participado e, vou colocar em minha agenda, para, se Deus quiser, ir no próximo ano! Esse passeio pelas belas ruas e avenidas da querida Fortaleza é fantástico ! Todos estão de parabéns ! Um abraço!

Anônimo disse...

verdade os pontos de água´de acordo como falaram pra ter sido mais show um ponto de isotõnico.
Assis

Anônimo disse...

ESSA prova foi legal. Curti
Virgínia