domingo, 23 de outubro de 2011

I CORRIDA DO SERVIDOR PÚBLICO ESTADUAL - 22/10/2011

O relato da I Corrida do Servidor Público Estadual começará de trás pra frente porque preciso antes de tudo expressar a emoção que foi, eu, pela 1ª. vez em 7 anos de corrida ter sido acompanhada por uma moto batedora nos últimos metros do percurso da prova, em razão de estar em  1º lugar entre as mulheres. Pois não é que isso aconteceu comigo?!  Quando vi o motociclista ao meu lado perguntando se eu estava bem e dizendo que iria me acompanhar, fiquei tão emocionada que quase paro de correr e começo a caminhar pra desfrutar mais daquele momento de glória... srsrs Foi demais! Senti-me a própria Paula Radcliffe em final de maratona.

Soube da Corrida do Servidor Público através do meu amigo Gledson Páscoa, nosso campeão representante cearense e brasileiro em competições de atletismo master nas provas de 100 e 200 metros, que, em um treino no Parque do Cocó me falou da corrida e dos Jogos dos Servidores, que aconteceram na pista de atletismo da FIC. Infelizmente, pelo menos no TJ-CE, onde trabalho, não houve nenhuma divulgação desses eventos e perdi a inscrição dos jogos, me inscrevendo somente para a corrida.
Segundo fui informada, seriam abertas 300 vagas para a corrida de rua, mas como a procura foi grande, aumentaram para 500.




O kit foi uma camiseta de algodão, uma sacolinha e um boné.
No sábado, cheguei no local da largada – Cambeba – às 7 horas para pegar meu número de peito. A prova não teve chip. O controle foi feito por fiscais que ficaram ao longo do percurso anotando os números dos corredores. Apesar de eu não ter muita noção de quantidade, creio  que havia no máximo umas 200 pessoas presentes. Uma pena não ter tido maior participação dos servidores. Com certeza a situação teria sido diferente se tivesse havido uma divulgação.
Mas estavam todos muito animados e a largada foi dada pontualmente às 7:30h. O percurso foi todo dentro do Cambeba, o que foi uma beleza, pois o local é super tranqüilo, sem carros e com algumas árvores pra nos fazer sombra que àquela hora, devido o sol forte, foi bem providencial. Houve água suficiente durante toda a prova, mas, apesar de todos esses pontos positivos, o percurso foi bastante difícil pois tinha muitas subidas, algumas até bem longas.
Eram 2 voltas de 2,5km, mas o quilometragem final, segundo meu GPS, foi de 5,770km.
Quando eu estava dando a minha 1ª. volta, o campeão masculino já vinha acompanhado da moto batedora. Ao passar pela 1ª. vez pela chegada, o locutor anunciou que a 1ª. colocada do feminino estava aproximando-se. Era eu!
Quando eu já estava me aproximando do km 4 e vi que continuava liderando, comecei a procurar a moto batedora. Puxa, só porque o 1º. lugar feminino iria chegar quase 3 km atrás do masculino (brincadeira, não foi tudo isso. Foi quase...), não teria direito a batedor? Foi aí que encostou o motociclista ao meu lado e eu quase tive uma síncope de emoção. Aprumei o corpo, enlargueci a passada e, mesmo já estando a ponto de morrer, segurei a peteca e a pose e segui atrás da moto. Muito massa!
Ah! E também pela 1ª. vez cruzei a linha com uma faixa de chegada que estava esticada de um ponto ao outro pra EU romper. Terá sido sonho?


   Rompendo a faixa de chegada. Devido à falta de costume, enrosquei meu pé e quase cai!


Na chegada havia fruta para os corredores e foi feita a premiação tanto para os atletas da corrida de rua quanto para os vencedores dos jogos.
Infelizmente não foi tirada foto do momento mais importante da prova (o da moto me escoltando!) pra ficar na história....
Espero que a iniciativa dos Jogos e da Corrida do Servidor continue nos próximos anos e que haja uma maior divulgação.


    Premiação


                       Eu e Gledson Páscoa


10 comentários:

Anônimo disse...

Valeuuuu, lorona! Orgulho de vc!!!! E o resto do povo da 9ª correu nao? Imagina a claudinha nessa corrida?! hahahahaah saudade!
Gabi

Anônimo disse...

Lia conheço um marceneiro ótimo, pois a sua estante está ficando sem espaço para tantos troféus!!! Parabéns guerreira!!!!
Demétrio

Anônimo disse...

parabéns Lia, desculpa já sabia antes de acontecer. No tempo que vc não se dizia atleta deixou todo mundo na poeira, quer dizer a ver navios, imagine agora...bjs
Lucia

Anônimo disse...

Parabéns por mais uma conquista, vá em frente!!!! Bjos
Ileana

Anônimo disse...

Valeu, Lia..as sevidoras que s cuidem!!!
Claudia

Anônimo disse...

Lia, vc é D+. Parabéns. Show!!!
Djacir

Lia Campos disse...

Obrigada a todos. Sem querer desmerecer meu troféu, as servidoras estaduais precisam treinar mais! rrsrsr Mas fiquei feliz em ter representado bem o TJ-CE.
Lia

Anônimo disse...

Parabéns, Lia. Tá bombando, hein?
Aline

Anônimo disse...

Muito legal, Lia. Parabéns!!!
Liliane

ASTHMA disse...

Minha irmã vai longe.
Muito orgulho de vc, não se preocupe que vc vai ter ainda muitas motocas te acompanhando na reta final.