quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

XL Maratón Internacional de Panamá - Cidade do Panamá (27/11/2016)



Depois de uma semana sem treino, tomando cerveja e mojitos, confesso que passou diversas vezes pela minha cabeça  a ideia de abortar a Meia Maratona do Panamá, ainda mais porque o sábado foi de muita chuva, o que me fez crer que o pau d’água continuaria no domingo.
Não fosse a 40ª. Maraton Internacional de Panamá minha 50ª. meia maratona, possivelmente eu teria me rendido à preguiça de acordar cedo e encarar esses 21km...


Minha 50a Meia Maratona

A prova no Panamá caiu de paraquedas na minha programação: como o voo para Cuba tinha escala na cidade, resolvi aproveitar a oportunidade para conhecer o Canal e, já que eu estaria lá no domingo, procurei saber  do calendário de corridas por lá e quase não acreditei que seria justamente no dia da maratona da cidade! Oba!!! Então vamos lá!

No sábado a entrega do kit foi tranquilíssima. Fiquei sabendo com a organização que havia em torno de 2 mil atletas inscritos: 300 pros 42km, 600 pros 21km e o restante pro revezamento de 42km.
A largada da maratona foi às 5 horas da manhã e a da meia estava marcada para as 6:40. Qual não foi a minha surpresa ao chegar no local da concentração e ver o locutor anunciando a largada dos 21km pras 6:30!
Felizmente cheguei a tempo e comecei minha prova devagarzinho, tirando fotos e observando tudo, como sempre. O dia não amanheceu chovendo como eu previ. Sem sol, carregado de nuvens, o clima porém estava abafadíssimo! Umidade altíssima me fez derreter pelas ruas da Cidade do Panamá, em um percurso que começa pela orla, na Cinta Costera, passa pelas ruínas do Panamá Velho e volta ao local de chegada.


Passando pela Cinta Costera
 
Muita água distribuída em saquinhos e alguns postos com isotônico amenizaram a sensação de forno.
Chamou-me atenção o silêncio dos corredores (mesmo na largada!). Nada de conversas, nem gritos nem algazarras usuais em corridas e, diferente de Cuba, apesar da organização ter contabilizado 30 países participantes, só vi de estrangeiros alguns costa-riquenhos e os quenianos que ganharam, além de uma brasileira do Ceará que, feliz da vida, conseguiu completar sua 50ª. meia maratona, propósito feito para ser atingido em 2016.


Meta cumprida. 50 nos 50!
Meta atingida, agora um merecido descanso para, a partir do próximo ano, já começar a contabilizar as próximas 50 até atingir os 100 anos.
Tenho tempo....
Valeu, Panamá!




Hotel: Double Tree By Hilton  


Mais fotos da prova:


Entrega de kit
Bora lá enfrentar esses 21km
  


Largada dos 21km




Foto do Wilkie, meu paciente torcedor


Cidade do Panamá e seus arranha-céus


Monumento do conquistador espanhol Vasco Núñez de Balboa




Bonitos prédios


Passando pelas ruínas do Panamá Velho




Falta pouco...






Piscina com gelo para os interessados


Mais uma. Especial


Site da prova com uma cearense metida

8 comentários:

Wilkie Martins disse...

Parabéns, campeã, pela 50ª meia. E certamente estarei na torcida pelos próximas 50...

Anônimo disse...

Parabéns pelo "Jubileu de Ouro" lindo relato!
Telma

Anônimo disse...

Parabéns Lióca ! Vc é uma atleta top,linda , e merecedora dessas! bodas de ouro👏👏
Tânia

Anônimo disse...

Parabéns, menina!
Waldir

Anônimo disse...

Sou fã de tu ó, Lia Campos é de verdade.
Djacir

Anônimo disse...

Parabéns Lia
Davi

Anônimo disse...

Eita bichinha arrasou heim?
Ana

Anônimo disse...

Orgulhosa de ser sua amiga! Parabéns amiga! Show
Marília