quinta-feira, 27 de junho de 2013

Paraty



O deslumbramento tem início no caminho entre o Rio de Janeiro e Paraty,  a cidade colonial considerada Patrimônio Histórico Nacional.

Fiz o percurso, de aproximadamente 250 km, de ônibus e fiquei encantada com as vistas que a BR-101 (Estrada Rio-Santos) nos proporciona. 
Sempre ao longo do litoral, passamos por várias praias, sendo Angra dos Reis a mais famosa e conhecida.

Uma pena estar de ônibus, pois o ideal seria um carro para poder parar sempre que desse vontade de curtir mais demoradamente o visual.

Paraty é muito bem dividida: de um lado, a cidade “nova” com suas lojas e ruas e no outro, a cidade histórica, fundada em 1667, vetada para automóveis, permitida somente para pedestres e charretes .


A cidade "normal"





O centro histórico delimitado pelas correntes

Com suas ruas  de pedras, casas coloniais brancas de portas e janelas coloridas, igrejas, lojinhas de artesanato, Paraty é muito lindinha.







De um lado o mar.
Do outro o rio Perequê-Açu com seu cais lotado de barcos coloridos.


O mar de Paraty






Rio Perequê-Açu





Além de “bater pernas” por suas ruazinhas históricas, existem vários passeios a serem feitos.
Tem o das cachoeiras, por parte do Caminho do Ouro (que não fui por falta de tempo), tem trekkings, passeios pelas praias vizinhas e tem o de escuna.
No cais, de frente para a Igreja de Santa Rita de Cássia, são várias, vááárias as escunas esperando para que o turista as escolha.


O cais e suas escunas

Fui em uma pequena, com poucas pessoas e por isso mesmo gostei muito, pois foi um passeio tranqüilo (duração de 5 horas), parando nas pequenas praias da baía de Paraty para quem quisesse tomar banho e com almoço servido à bordo, preparado na própria escuna.


Igrejinha de Santa Rita de Cássia ao fundo


O litoral e as praias são lindos e o passeio vale muito a pena.

 
Uma das paradas para banho





Chegando de volta

À noite o centro histórico fica lotado. Os bares e restaurantes colocam suas mesinhas no calçamento e a cidade se anima.


A noite ainda começando










 Valeu D+, Paraty!


Mais sobre Paraty:  http://www.paraty.com.br/
Pousada no centro histórico: http://pousadadoscontos.com.br/

Um comentário:

Roberta Caréli disse...

Fui para Paraty em junho/2013.
Não conhecia o lugar, apenas por fotos e fiquei encantada com o Centro Histórico!
Linda as fotos!
Beijos