sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Lisboa e Óbidos (out/2013)




"Lisboa com suas casas
De várias cores,
Lisboa com suas casas
De várias cores,
Lisboa com suas casas
De várias cores..."
"Oh, Lisboa, meu lar!"

Foi a Paris, Barcelona, Berlim, Londres, e passou batido por Lisboa?
Com certeza não somente Fernando Pessoa foi apaixonado por essa cidade às margens do Tejo.
Eu também o sou.


"Ó macio Tejo ancestral e mudo"


Lisboa é linda, maravilhosa para ser curtida caminhando nas ruas do centro, com seus “elétricos”, passeando pela Praça do Comércio, olhando o por do sol por detrás da Ponte 25 de Abril, ou no Monumento Aos Descobrimentos  para depois se deliciar com o legítimo Pastel de Belém. 


Por do sol no Tejo com a Ponte 25 de abril




Praça do Comércio à noite

Passear pelo Rossio, Chiado e na “parte nova” da cidade, o Centro Vasco da Gama.
Impossível não se apaixonar. E REapaixonar-se.


Os elétricos

Meus dias para perambular pela cidade foram poucos porque incluí no roteiro uma ida à cidade de Óbidos.
A pequena cidade de Óbidos fica a 80km de Lisboa.




Fácil de ir de “autocarro”  que em 1 hora lhe deixará às portas das muralhas da antiga fortificação medieval.
As muralhas são altas e os turistas podem caminhar no alto. Os que não têm medo de altura, claro, porque os que têm, ficam só apreciando de longe. Como eu.


Não deu pra encarar esse murinho sem proteção....



As ruas são estreitinhas, como deveriam ser na época que Portugal tomou a cidade dos mouros e as casas são todas ocupadas por restaurantes e lojinhas para turistas, onde a principal atração é o licor de ginja (fruta que lembra a cereja), servido em um copinho de chocolate.



Esperava encontrar mais história em Óbidos, mas o passeio foi excelente.





Já em Lisboa, além de passear sem compromisso, fiz duas coisas novas: andar no teleférico do Centro Vasco da Gama (lindo!) e subir no Arco Triunfal da Rua Augusta, na Praça do Comércio, de onde se tem uma vista belíssima da cidade.
Até a próxima, Lisboa!



Dicas para quem vai:

Para ir a Óbidos: vá de metrô até a estação Campo Grande, de onde saem os ônibus para Óbidos. A passagem custa 7,55 euros).

Hotel: em Lisboa escolhi um B&B para ficar. Lugar excelente, “em cima” da Praça do Comércio, Rossio, Chiado e a poucos metros do metrô. O B&B é pequeno, tranqüilo, a dona é um amor. Excelente mesmo. Mas.....
Fica no 2º. andar de um prédio e os lances (3 para cada andar) de escada para acesso são hiper inclinados deixando qualquer um com a língua de fora. Portanto, se você não tem essa disposição, não aconselho...


Fotos para lembrar:


Óbidos






Teleférico do Centro Vasco da Gama






Rua do Chiado





Praça do Comércio vista do Arco Triunfal



!!!!!!!!!!!







Óbidos









Olha a corredora!







Movimento de domingo na Rua Augusta




Padrão ao Descobrimento




Gaivotas refrescando-se na água do teto do Shopping Vasco da Gama


Treino no Tejo



Lisboa!

Nenhum comentário: