quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Vodafone Meia Maratona RTP Rock’ n’ Roll de Lisboa - 6/10/2013



 A Vodafone Meia Maratona RTP Rock’ n’ Roll de Lisboa aconteceu juntamente com a 1ª. edição da Rock’ n’ Roll Maratona de Lisboa EDP.
As duas provas uniram-se pela primeira vez e fizeram parte do circuito Rock’ n’ Roll.
A data ser no domingo posterior à corrida de Paris, foi perfeito.
Nesse mesmo domingo haveria  também a meia maratona de Londres, onde eu já estava, mas correr em Lisboa, ainda por cima sobre a ponte Vasco da Gama (não sei de onde surgiu esse meu fascínio de correr sobre pontes...) me arrebataram de pronto.
A Cris decidiu ficar em Londres e correr por lá. Eu segui para Lisboa.
Depois de correr minha 3ª. e última (?) maratona em 2010 e nem pensar em encarar os 42km tão cedo, o vislumbre do percurso dessa prova em Lisboa, saindo de Cascais, e chegando na capital sempre beirando o Atlântico, chegou a me balançar...
Mas (felizmente!) o percurso da maratona, apesar de terminar no mesmo local da meia, não passava pela ponte....
Escolha feita e decidida.
A entrega do kit foi em um pavilhão no Parque Vasco da Gama, onde tinha uma feira bem montada com alguns estandes interessantes e onde passei um bom tempo.










As provas que fazem parte do circuito  Rock’ n’ Roll na Europa

Depois, um passeio pelo parque, andar de teleférico, bater perna pelo shopping e voltar ao hotel. Programação bem mais light do que em Paris, pois eu teria mais chão pela frente e não queria passar pela quebradeira da prova anterior.



No domingo, todos os metrôs, ônibus e bondes eram liberados para os corredores participantes das provas. Bastava apresentar o número do peito.
Saimos do hotel ainda na escuridão e às 8 horas já estávamos no Centro Vasco da Gama. Ônibus da prova estariam disponíveis para os corredores de 7:30 até as 9 horas para levar a todos para o outro lado da ponte, onde seria dada a largada.


Fila para os ônibus


Peguei um dos ônibus e, como não tinha visto direito o percurso, tive uma grande decepção quando, ao chegar do outro lado da ponte, ele começou a atravessá-la de volta, parando bem além da metade, onde uma multidão aguardava a largada.  Isso. O percurso não seria sobre os 17,2 km da ponte, mas somente pelos últimos 2 km da mesma.
Felizmente eram os 2 km mais bonitos e, apesar da decepção, o visual compensou.







Banheiro masculino. Praticidade


Os corredores dos 6km ficaram atrás dos meio maratonistas e me chamou a atenção a quantidade de pessoas mais idosas, assim como muitas crianças que fariam a prova. Era um encontro com famílias. Tantas, que estavam divididas em duas ondas para a largada.


Lado esquerdo, corredores dos 6km




Uma das ondas dos 6km já preparada para a largada





Já misturada aos corredores dos 21


A largada foi às 10h15, com o sol já forte e uma temperatura que se manteve sempre por volta de 23oC. 


Aguardando....


Partiu!










Percurso plano, postos de água, frutas, isotônico e gel sempre oferecidos por escoteiros, e bandas de rock espalhadas para animar os corredores (umas 5 bandas, que, como a prova fazia um retorno, repetiam-se em alguns pontos). A animação, por sinal, passou longe do que eu já vi dessas provas nos EUA e pessoas fantasiadas foram raríssimas. Mas lá é a terra do rock, então.....





A primeira banda


Posto de água















As chegadas das 3 provas foram no mesmo local, apesar de cada uma ter seu pórtico próprio.
Os quenianos, como sempre, foram os campeões. Picolés, uma bolsa com barrinhas de cereal, caixinhas de leite, a medalha e, claro um palco armado com um grande concerto de rock que iria rolar até 4 horas da tarde.


E dá-lhe rock!!!



Brinde à prova e à Lisboa!

Não ficamos para o show. Seguimos para almoçar no shopping e depois rumamos para a Praça do Comércio para curtir o movimento lisboeta, suas ruas centrais e o lindo visual do rio Tejo.
Mais uma meia maratona completada com felicidade para entrar no rol das provas inesquecíveis.
Valeu, Lisboa!




4 comentários:

JOSÉ AMÂNCIO NETO - CORREDOR DA 3ª IDADE disse...

Não posso negar Lia, que bateu uma "invejinha", no bom sentido! Participar dessa festa deve ter sido maravilhoso. Você realmente sabe viver a vida. Parabéns!

Anônimo disse...

Viagem maravilhosa, Lia. Parabens
Omar

Anônimo disse...

Lia vc deve te mais medalha de prova fora de que daqui do Brasil né kkkkkkk,parabéns pra vc abraço!
Fernando
Fernando

Anônimo disse...

Show. Toda vez que a Lia posta uma foto de corrida fora, dá uma invejinha boa. Infelizmente só vou poder fazer o mesmo a partir de 2015...
Davi